BRIGHTWELL POTASSION 500 ML - SUPLEMENTO DE POTASSIO



Solução de potássio concentrada primariamente para aquários de recifes com corais SPS (80,000 ppm).

Instruções e Diretrizes:
Atente ao fato de que a concentração de potássio água marinha natural é de aprox. 399 ppm; manter a concentração de potássio o mais perto possível desse valor é recomendável.
Básico: Agite bem antes de usar. Adicione um máximo de 5ml (1 tampa cheia) por 189,3L de água do aquário em dias alternados ou conforme necessário para manter a concentração de potássio entre 390 e 410 ppm. Quando usado dessa maneira, 250 ml trata até 9,464 L.
Avançado: Determine a concentração de potássio do aquário utilizando um teste confiável antes de administrar o produto. Agite bem antes de usar. Cada ml de POTASSION aumentará a concentração de potássio (“[K+]”) a cada 3.785 L de água em aproximadamente 21 ppm. Se o [K+] inicial no aquário estiver abaixo de 390 ppm, adicione esse produto em um máximo de 10 ml por 75,7L diariamente até que os resultados de medição de concentração de potássio estejam entre 390 - 410 ppm, e então dose diariamente ou semanalmente conforme necessário (veja abaixo). Tente sempre manter [K+] em +/-10 ppm. Para determinar a dosagem desse produto uma vez que [K+] desejado for atingido, meça a taxa diária de absorção de potássio (ou seja, a queda de potássio) em seu aquário medindo [K+] sempre no mesmo horário todo dia durante uma ou duas semanas. Para determinar a taxa de dosagem diária (preferencialmente para dosagem semanal) para manutenção de potássio: estime o volume de água do sistema completo do aquário; divida a diminuição diária de [K+] por 21; multiplique esse número pelo volume de água no sistema do aquário para ter a dosagem diária (em ml) para manter [K+] estável. Dosagens diárias mantém [K+] mais estável (e um ambiente mais natural) quando comparadas a dosagens semanais, que geram um pico de potássio logo após a dose, e então, uma queda gradual durante a semana.
Precauções:
Mantenha fora do alcance de crianças. Não adequado para consumo humano.
Análise de Garantia:
Potássio (min) 2,366 mg. (80,000 ppm)
Composição:
Água purificada, sulfato de potássio, cloreto de potássio.

Visão geral:
-Solução iônica de potássio altamente concentrada.
-Fonte de potássio, importante componente de aragonita (o mineral secretado como material esquelético por corais e outros organismos marinhos formadores de recifes), aliado a pigmentos que realçam a coloração azul de alguns corais duros de pólipos, importante para melhorar a função neurológica e consumido no aquário pelos seres marinhos.
-80,000 ppm K; consideravelmente mais forte e mais econômico do que outros produtos similares.
-Pode ser usado para combater deficiência de potássio que geralmente acompanha o uso de filtros de zeólito para manter um aquário de ultra baixa nutrição.
-Formulado por cientistas marinhos.
Informações técnicas:
Na água natural marinha, potássio é um elemento importante não conservativo com uma concentração um pouco menor do que a de cálcio (aprox. 399 ppm vs. aprox. 413 ppm, respectivamente). É um componente da aragonita e uma dosagem constante, nos últimos anos, tem sido ligada à melhora na coloração azul de inúmeras variedades de corais duros com pólipos pequenos; os benefícios da suplementação de potássio são, potencialmente, dois: prover um elemento que 1.) é incorporado ao material esquelético de corais e outros organismos formadores de recifes com propósito de crescimento e 2.) é incorporado a pigmentos (na presença de adequada de ferro iônico) que realçam a coloração azul de corais duros de pólipos pequenos. A importância do potássio para organismos marinhos é mais aparente durante o começo de suas dosagens em um aquário deficiente em potássio e/ou no qual a mistura de sais marinhos utilizada seja deficiente em potássio; nesses casos, as mudanças na aparência de muitos corais podem ser observadas nas primeiras semanas de dosagem regular. Manter o potássio entre 390 e 410 ppm é suficiente para um ambiente saudável a longo prazo, crescimento e coloração de corais quando todas as outras necessidades químicas e físicas são supridas. A taxa em que o potássio é esgotado em um aquário de recifes é determinada pela densidade de seres criadores de recife, tipo de iluminação, taxa de circulação da água e outras condições biológicas, físicas e químicas; portanto, cada aquário terá diferentes necessidades para a manutenção dos níveis de potássio. Uma vez que a taxa de esgotamento de potássio for determinada (veja coluna ao lado), a dosagem apropriada do produto pode ser facilmente calculada. É recomendado que uma mistura de sais de qualidade com a alcalinidade apropriada (não aumentada) e concentrações maiores e menores de outros vestígios seja usada para estabelecer parâmetros naturais de água marinha no aquário de recifes, fornecendo uma base iônica estável para formações.

Acqua Distribuidora - Rua Dr. Jesuíno Maciel, 805 - Campo Belo - São Paulo - (11)5096.1120 - acqua@acquadistribuidora.com.br

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 09h às 17h
® Acquadistribuidora.com.br. Todos os direitos reservados.